• Aquários Sobrinho

A importância dos oligoelementos

Tenho visto ultimamente nos grupos do facebook que participo muitos peixes adoecendo e os aquaristas dizendo que está tudo certo no aquário. Mas como um peixe pode adoecer se a temperatura está adequada, se o pH está adequado, se a salinidade está adequada, dureza adequada, amônia e nitrito zerados e alimentando com ração de boa qualidade? Tem duas possibilidades: ou o peixe tem uma deficiência imunológica genética ou o peixe tem uma deficiência imunológica causada por algum tipo de deficiência. 

Quando o peixe tem algum problema genético é realmente difícil fazer alguma coisa, mas quando o problema é causado por alguma deficiência é só descobrir a deficiência e suprir. 

Os principais fatores que causam a deficiência imunológica do peixe são o estresse, água em com contaminantes, água com parâmetros inadequados e alimentação ruim. Já falamos do efeito do estresse no nosso texto sobre o efeito do estresse nos peixes  e  já estamos falando do efeito dos contaminantes  e parâmetros inadequados na nossa série sobre os testes. Todo mundo também já sabe da importância da ração de boa qualidade, pois ela não só possui os nutrientes em quantidades adequadas, como também nutrientes mais fáceis de serem absorvidos. Entre os nutrientes que fazem diferença no metabolismo dos peixes estão os micronutrientes, oligoelementos ou também conhecidos como elementos traços. 

Os principais oligoelementos para aquários são o ferro, iodo, manganês, cobre, zinco, molibdênio, cromo, selênio, cobalto, boro, bário, lítio e estrôncio.  

O que caracteriza esses elementos como micronutrientes é a quantidade na qual são encontradas nos organismos, geralmente em quantidades muito pequenas.

Aí muita gente pode se perguntar se mesmo com boa alimentação o peixe pode ficar com carência de minerais. E a resposta para isso é positiva. Os peixes absorvem e eliminam muitos minerais e oligoelementos pelas brânquias e os peixes marinhos pela água que bebem. Os peixes de água doce não bebem água para ajudar no seu controle osmótico. Então, assim como o peixe absorve os nutrientes da alimentação, ele também o absorve da água. Pouca gente sabe, mas a maioria do cálcio que o peixe absorve é proveniente da água (absorve pelas brânquias) e não da alimentação. 

Os oligoelementos é um fator limitante não só na imunidade do peixe, como também no metabolismo das plantas,corais e das bactérias que ajudam no aquário.

A descrição da função dos principais oligoelementos segue abaixo:

Ferro: É um elemento encontrado na hemoglobina do sangue e uma das suas principais funções é no transporte de oxigênio pelo sangue. A falta de ferro nos peixes causa  anemia (os peixes também ficam anêmicos) e dificuldade em oxigenar o organismo. Nas plantas e corais o ferro é importante na fixação do nitrogênio e é catalisador na síntese da clorofila e ajuda bastante no processo da fotossíntese.

Iodo: É responsável por diversas funções metabólicas e hormonais. 

Manganês: Importante na formação de enzimas e na construção de tecidos e órgãos.

Cobre: O cobre é conhecido por ser tóxico em ambientes aquáticos, mas é muito importante em pequenas quantidades. O cobre é responsável por várias enzimas, por ajudar no processo de respiração aeróbica, na síntese da hemoglobina e na proteção do organismo aos efeitos tóxicos do oxigênio. A deficiência em cobre causa problemas na formação do colágeno que é parte fundamental da pele e escamas dos peixes. Existem espécies de peixes, como a truta arco íris, que podem absorver cerca 60% da sua necessidade de cobre da água.

Zinco: Tem função enzimática, hormonal e ajuda na síntese de DNA e RNA. Uma característica que tem que ser dita é que os peixes possuem grande dificuldade de absorver o zinco de alimentos de origem vegetal devido a fatores antinutricionais presentes nesse tipo de alimento. 

Molibdênio: Responsável por várias enzimas e regula a absorção de cobre. Tem papel muito importante no metabolismo das bactérias.

Cromo: Tem função importante nos processos envolvendo glicose no organismo, processo relacionado com a produção de energia.

Selênio: Protege contra metais pesados como mercúrio e cádmio e contra danos oxidativos gerais( principalmente pelos causados pelos radicais livres). Também tem grande influência dos processos de metabolização da glicose. 

Cobalto: Está relacionado com a vitamina B12 e as bactérias precisam desse elemento para produzir essa vitamina. 

Boro: Além de funções metabólicas nos peixes, o boro é um elemento com funções importantíssimas em plantas, bactérias e corais. É responsável pela construção da parede celular, pela osmorregulação e pelo transporte de carboidratos. 

Bário: É um composto relacionado com a calcificação dos corais.

Lítio: Além de algumas funções metabólicas, está diretamente relacionado com a calcificação dos corais. 

Estrôncio: Está relacionado com a calcificação de ossos e esqueletos dos corais.

Essa breve revisão das funções desses oligoelementos mostra a importância que eles tem no metabolismo dos animais, plantas e bactérias do aquário. Muitos casos de insuficiência de filtragem estão relacionados com a insuficiência desses minerais na água. Assim como muitos casos de doenças em peixes e plantas. 

Caso você esteja pensando em dosar esses elementos no aquário, tenha cuidado porque assim como a falta é prejudicial, o excesso é tão prejudicial quanto.  Dê preferência aos produtos formulados exclusivamente para uso em aquários, assim os riscos de problemas são menores.

Assim, vimos que vários problemas podem ser evitados se fornecermos os oligoelementos importantes para as diversas funções do metabolismo e vimos que muitos desses nutrientes não são totalmente aproveitados pela alimentação sendo necessário que a água contenha esse compostos.

Nosso kit de elementos traços oferece todos os oligoelementos quelatados para garantir uma maior absorção pelos peixes, plantas, corais, bactérias nitrificantes e demais habitantes do aquário.



Fontes: Microminerais (Cu, Fe, Mn, Se e Zn) na nutrição de peixes, uma revisão bibliográfica. Fernando Yugo Yamamoto The Reef Aquarium Vol.1   J.Charles Delbeek, Julian Sprung

Aquários Sobrinho 

Telefones: 27 33261100 - 27 993115626 - 31 982859240

email para orçamentos: angelolucas90@yahoo.com.br

email para fábrica: sobrinhoaquarios@gmail.com

Endereço: Rua Luiz Soares do Nascimento, 109, Ilha das Flores, Vila Velha -ES

CNPJ 26.049.716/0001-77