• Aquários Sobrinho

O Efeito do Frio nos Peixes

O frio chegou e muita gente está se preocupando com o aquário sem aquecimento e nós da Aquários Sobrinho viemos com esse texto mostrar que os aquaristas devem mesmo se preocupar com isso. Não queremos deixar nossos peixes como os do Ice Aquarium. 


Disponível em : <http://travelever.com/attractions/ice-aquarium/>


Muita gente não sabe que os peixes em sua grande maioria (fora uns dois casos até agora que temos notícia) são peixes de sangue frio. Um animal de sangue frio tem a sua temperatura corporal regulada pela temperatura ambiente.


Um dos comportamentos dos peixes para regularem sua temperatura corporal é nadar em profundidades diferentes para ficarem na temperatura ideal. Por isso muitos peixes ficam no fundo dos lagos em dias frios ( porque na superfície está mais frio ainda devido à evaporação) ou mesmo tomando sol na superfície quando há sol direto.


Assim sendo, a temperatura ambiente tende a regular todo o metabolismo do peixe. Em águas mais frias um peixe é menos ativo que em uma água mais quente, assim come menos e nada menos também.


Outro ponto, consideramos o fator mais importante, é que temperatura da água afeta diretamente a imunidade do peixe.


É muito importante mencionar que um peixe possui uma zona de conforto térmica que é a faixa de temperatura que o peixe se desenvolve melhor.


Então, a partir de agora, quando dissermos água fria é quando a temperatura da água está abaixo da zona de conforto do peixe e quando dissermos água quente é que está acima da zona de conforto do peixe. Dessa forma poderemos atender todos os tipos de peixes com diversas zonas de conforto diferentes.


Cada espécie de peixe possui a sua zona de conforto térmico e uma zona de tolerância conforme sua evolução. Segundo o site www.fishbase.de , um dos maiores portais de referência de peixes do mundo( senão o maior) diz a temperatura média de vários peixes, veja alguns exemplos retirados de lá:


O peixe oscar, astronotus ocellatus, tem uma faixa de temperatura entre 22°C e 25°C. 


O acará disco, symphysodon discus, tem uma faixa de temperatura entre 26°C e 30°C.


O guppy, poecilia reticulata, tem uma faixa de temperatura entre 18°C e 28°C


A carpa,cyprinos carpio, tem uma faixa de temperatura entre 3°C e 35°C



O kinguio, carassius auratus, tem faixa de temperatura de até 41°C (!), mas depende da variação do tipo. A maioria tem uma zona confortável de temperatura até 28 graus. 


Só com esses poucos exemplos é possível perceber que alguns peixes vivem em uma pequena faixa de temperatura enquanto outros vivem em faixas muito grandes.


É muito importante que o aquarista tenha peixes que habitam uma mesma zona de conforto térmico. Isso serve para evitar problemas com peixes em águas mais quentes ou águas mais frias que o ideal.


Peixes em água fria tendem a ficarem mais lentos, comerem menos, se esconderem mais. Quando um peixe come menos ele possui menos energia para suas funções metabólicas. 

Peixes em água quente tendem a produzir mais hormônios, ficarem mais ativos, comerem mais e acelerarem o metabolismo. Acelerar o metabolismo também atrapalha na digestão do alimento.


Não há nenhum benefício em manter peixes fora da sua zona de conforto térmico. Absolutamente nenhum.


E os pontos negativos? 


Essa é a pior parte. Como havia mencionado lá em cima, um peixe fora da sua zona de conforto, seja em água mais quente ou mais fria, tende a reduzir a imunidade natural devido ao estresse ( já falei do estresse nesse texto aqui).


  Essa redução favorece que o ataque de bactéria, fungos, vermes e outros parasitas tenham sucesso em contaminar o peixe. É por isso que muitas vezes os peixes pegam íctio no inverno, pela redução da imunidade do peixe.


Já que falei em íctio, é importante mencionar que aquecer o aquário de maneira nenhuma mata o íctio, apenas acelera seu ciclo de vida, mas isso é assunto pra outro texto.


Tão importante quanto manter a temperatura ideal do peixe é evitar os choques térmicos intensos.


Nos exemplos dados acima no texto mostram que o guppy, a carpa e o kinguio vivem em águas com uma amplitude térmico de 10°C e até mais, mas eles não toleram uma variação dessas rapidamente. Dificilmente um peixe sobrevive a uma variação brusca de 10°C (até menos) e morre repentinamente deixando o aquarista sem saber o que aconteceu.


O aquarista deve evitar qualquer tipo de variação brusca de temperatura no aquário sob pena de perder alguns ou todos os seus peixes.


Existem diversos casos de mortes maciças de peixes devido a algum choque térmico. Os peixes que não morrem devido ao choque térmico entram em um quadro de estresse grande provocando inúmeros outros problemas.


Por tudo isso é importante conhecer os peixes que se tem no aquário para mantê-los o mais confortavelmente possível e evitar doenças e outros problemas devido ao estresse provocado pela temperatura incorreta ou pelos graves problemas dos choques térmicos.

Mantenha sempre o aquecedor ligado na faixa necessária para evitar uma grande variação de temperatura inesperada.


O aquecedor remoto da Aquários Sobrinho


a Aquários Sobrinho desenvolveu a solução definitiva para grandes aquários avançados, que necessitem de rigoroso controle de temperatura em aquecimentos, bem como baterias de lojas ou pisciculturas "in door", aliado a economia de energia elétrica.


É uma unidade fechada, ligada em série com o filtro do aquário, seja canister ou sump, ou qualquer outra circulação de água, controlada eletronicamente, ficando junto ao sistema de filtragem, e/ou remoto ao tanque.


A água filtrada é aquecida, e retorna pelos meios já existentes na filtragem (ligação em linha), eliminando qualquer objeto a mais dentro do display, por conta do aquecimento, o que melhora muito a estética do aquário e a segurança.


Clique aqui e veja mais sobre o nosso aquecedor remoto!



Aquários Sobrinho 

Telefones: 27 33261100 - 27 993115626 - 31 982859240

email para orçamentos: angelolucas90@yahoo.com.br

email para fábrica: sobrinhoaquarios@gmail.com

Endereço: Rua Luiz Soares do Nascimento, 109, Ilha das Flores, Vila Velha -ES

CNPJ 26.049.716/0001-77