• Aquários Sobrinho

Senso Comum e os Mitos no Aquarismo

O aquarismo é um hobby apaixonante que desperta curiosidade e fascínio em um incontável número de pessoas de todos os gostos e de todas as classes sociais que, com conhecimento adquiridos ao longo da vida, desenvolveram certas noções de certo e errado no assunto, a famoso senso comum. O senso comum muitas vezes está certo e muitas vezes está errado já que a percepção humana costuma não considerar todos os fatores envolvidos e com isso surgem mitos que causam sérios problemas. 

Acho que todo mundo já ouviu frases do tipo leite com manga faz mal, ou não pode tomar banho depois de comer, ou colocar garrafa de água no padrão de energia reduz a luz, ou cortar o cabelo na lua crescente faz ele crescer mais, ou que tomar chá de camomila acalma. Dessas frases a única que se tem algum indício científico que funciona é apenas o efeito calmante do chá de camomila, as outras são apenas mitos sociais que são espalhados ao longo da história.


Quando é aquarismo o senso comum é baseado em princípios que realmente funcionam e dão certo, mas que não é válido para todo caso. O exemplo mais clássico desse mito é o famoso uso de sal para prevenir doenças.  O sal pode ser usado com muito sucesso em banhos contra uma série de parasitas, mas é nocivo para muitos peixes que toleram baixa salinidade. Kinguios, poecilias e carpas são peixes que toleram grande salinidade, mas a partir de certo ponto passa a ser extremamente nocivo.


Existem uma série de outros mitos relacionados ao aquarismo que são espalhados principalmente pelos iniciantes, mitos que se tornaram "verdade" pelo senso comum. Abaixo vamos citar alguns.


O peixe vai crescer de acordo com o tamanho do aquário

Isso é um mito muitas vezes espalhados por muitos lojistas ainda. O peixe em um aquário menor do que o necessário acaba crescendo mais devagar (o que não quer dizer que deixe de crescer) do que se tivesse num aquário de tamanho adequado e isso sempre traz problemas de saúde para o peixe.


pH neutro serve para todo tipo de peixe

Vemos muita gente achando que o pH neutro serve para qualquer tipo de peixe e isso não está nada certo. Os peixes possuem suas capacidades de adaptação de acordo com sua evolução e características de adaptação, mas possuem um limite. Alguns peixes são de água ácida, outros de água levemente ácida, outros de água neutro ou levemente alcalina e outros de água alcalina. 


Veja mais sobre pH aqui no nosso texto!


Aquário marinho só com peixe não precisa de testes e nem de chiller

Todo aquário marinho precisa estar com os parâmetros adequados e precisa ter controle de temperatura para funcionar. Na maioria das cidades brasileiras o chiller é a única opção confiável para evitar perdas no aquário devido ao calor.


Veja aqui nosso texto sobre refrigeração de aquários!


Cascudos limpam o aquário

“Vou comprar um cascudo para comer o lodo e as fezes do meu aquário”. Escutamos essa frase algumas dezenas de vezes durante todos esses anos trabalhando com aquário. Os cascudos não limpam o aquário, alguns comem algas, outros comem madeira, alguns são carnívoros e outros onívoros, mas eles não comem fezes e nem a sujeira do aquário.


Anticloro é a mesma coisa que condicionador de água

Anticloro é uma coisa, condicionador de água é outra bem diferente. O Anticloro é uma substância que reage com o cloro tornando-o inofensivo ao aquário, já o condicionador de água, que geralmente anticloro em sua composição, é um suplemento com uma série de compostos orgânicos e minerais que ajudam melhoram a saúde dos peixes e micro-organismos do aquário. Alguns condicionadores de água possuem componentes que removem amônia da mesma forma que removem claro e substâncias que ajudam na saúde do peixe como extrato de aloe vera, como o Condicionador de Água da Aquários Sobrinho.


Testes não são necessários

O mercado do aquarismo é realmente cheio de campanhas publicitárias de uma série de produtos não necessários aos aquários, mas os testes não são um deles. Os testes são de extrema importância porque é a única forma de saber em quais níveis de contaminantes ou nutrientes da água, não tem como saber apenas olhando ou cheirando a água.


Veja aqui nosso texto sobre o teste de amônia!

Veja aqui nosso texto sobre o teste de nitrito!

Veja aqui nosso texto sobre o teste de nitrato! Veja aqui nosso texto sobre o teste de cálcio! Veja aqui nosso texto sobre o teste de reserva alcalina! Veja aqui nosso texto sobre o teste de magnésio! Veja aqui nosso texto sobre o teste de dureza!


Dolomita é um bom substrato para aquário

Definitivamente não. A dolomita é um mineral que se dissolve na água assim como a aragonita, porém aumenta a dureza muito mais. A dolomita possui fórmula química CaMg(CO3)2 enquanto a aragonita possui fórmula CaCO3, assim, enquanto a aragonita libera um íon de cálcio e outro de carbonato quando solubiliza, a dolomita libera um íon de cálcio, um íon de magnésio e dois de carbonato tornando rapidamente a água inadequada para quase todas as espécies de peixes.


Aquário pequeno é recomendado para iniciantes

A maioria dos iniciantes acha que é melhor começar com um aquário pequeno para pegar o jeito já que é mais fácil. Errado de novo. Quanto menor o aquário, mais delicado ele é, mais fácil os parâmetros se alteram e mais fácil cometer algum erro. Quanto maior o aquário, mais fácil de cuidar.


Água salgada sintética é melhor do que água natural

Um assunto polêmico que vai dividir legiões dos dois lados, mas não há uma melhor que a outra, existem algumas diferenças. A água salgada sintética é livre de todo e qualquer possível parasita, porém é livre de todo e qualquer plâncton que faz parte do ecossistema marinho. A água salgada sintética permite uma maior comodidade e segurança, mas a água natural não fica nada atrás e se a natural for livre de poluentes ainda sai um pouco na frente.


Sal em aquários evita doenças

Adicionar sal na água altera apenas o equilíbrio osmótico do sistema que pode ser nocivo e até letal para os seres vivos do aquário. Os peixes e todos os outros organismos aquáticos são extremamente sensíveis à variação abrupta da salinidade (o famoso choque osmótico) e possuem uma tolerância máxima à salinidade que se for ultrapassada por causar uma morte em poucas horas. Ao longo prazo a salinidade fora do ideal pode afeta negativamente o organismo do peixe causando problemas indiretos. Os banhos de sal funcionam muito bem para doenças como íctio e verme âncora pois eles são mais sensíveis ao choque osmótico que os peixes, mas não funcionam contra a maioria das infecções, parasitas internos e argulus. Na piscicultura o sal é usada para reduzir o estresse durante o transporte de várias espécies de peixe.


Veja mais sobre a salinidade em aquários aqui!


Esses são só alguns casos de uma grande quantidade de mitos e confusões que o senso comum criou. No próximo texto vamos falar de algumas confusões envolvendo filtragem e de que aquário grande tem que ter sump e não pode canister ( filtro pressurizado).

Aquários Sobrinho 

Telefones: 27 33261100 - 27 993115626 - 31 982859240

email para orçamentos: angelolucas90@yahoo.com.br

email para fábrica: sobrinhoaquarios@gmail.com

Endereço: Rua Luiz Soares do Nascimento, 109, Ilha das Flores, Vila Velha -ES

CNPJ 26.049.716/0001-77