• Aquários Sobrinho

Holacanthus Ciliaris em Aquários Marinhos


Nome científico: Holacanthus Ciliaris

Nome comum: Peixe Anjo Rainha

Local de origem: Do Caribe até o Sul da costa brasileira

Dificuldade de Manutenção: Moderada

Alimentação: basicamente esponjas, sendo completas por algas, corais e outros invertebrados

Custo: Baixo

Compatível com corais: Não

Temperamento: Agressivo


O Holacanthus Ciliaris é um peixe muito comum em toda costa brasileira sendo facilmente encontrado próximo às rochas nas praias e também em regiões profundas afastadas da costa como o Arquipélago de São Pedro e São Paulo.


Quando filhote apresenta coloração numa mistura de azul, verde e amarelo com listras azuis verticais muito chamativas que desaparecem com o crescimento do peixe. Os ciliaris bem velhos tendem a ter uma cor mais sólida e opaca.


Existem várias variedades de ciliaris, amarela, azul, verde, branca que muitas vezes são endêmicas de certas regiões.

Existe uma variedade de ciliaris encontrado apenas no Arquipélago de São Pedro e São Paulo que é branco (não albino) e outro totalmente azul. Devido a ser um peixe endêmico dessas ilhas, essas variedades chegam a valer grandes fortunas no mercado internacional.

 Fotos: João Gasparini


Os ciliaris machos são maiores que as fêmeas podendo chegar a medir 45 centímetros (maior ciliares já documentado) e pesando quase 2 quilos. Na média o ciliaris chega a medir apenas 30cm quando adulto.


A principal alimentação do ciliares na natureza são as esponjas, sendo que algas correspondem a uma pequena faixa de sua alimentação. É esse comportamento alimentar que faz com que o ciliaris seja um peixe de difícil manutenção nos aquários. Eles se alimentam muito pouco de invertebrados como poliquetas e crustáceos. Nos aquários comem coral com muita facilidade para completar sua dieta.


Quando o ciliaris é filhote, ele pode comer parasitas de peixes maiores, características que se perde rapidamente.


Um dado interessante sobre a reprodução do ciliaris é que as fêmeas podem colocar de 25 mil a 75 mil ovos de uma vez! As fêmeas liberam os ovos na coluna d’água e o macho os fertilizam. Os filhotes nascem de 15 a 20 horas depois.


Mantendo Ciliaris no aquário


Devido a comer corais, não deve ser colocar em aquários de recifes por motivos óbvios.

Quando mantido em aquários, o ciliaris é bastante resistente, porém se torna agressivo e, devido ao seu tamanho, pode matar facilmente outros peixes, inclusive peixes leões e garoupas pantera.


O aquário mínimo para o ciliaris é de 1000 litros e deve ter muitas rochas para que ele não estresse e os outros peixes possam se abrigar.


Devido aos seus hábitos alimentares, não existe ração que supra o valor nutricional das esponjas e nem tamanho suficiente de aquário que permite um crescimento natural de esponjas para manter sequer um pequeno filhote de ciliaris.


Alguns aquaristas e criadores no exterior tem conseguido manter com relativo sucesso os ciliaris e outros anjos com uma ração própria para peixes anjo basicamente composta de diversas algas acrescentada de suplemento à base de esponja congelada. Até onde sabemos, apenas a Ocean Nutrition fabrica esse tipo de alimento e não encontramos revendedor no Brasil.


Nossa experiência com ciliaris


O maior problema que vemos no ciliaris é a “doença dos anjos” onde o peixe vai ficando branco, morre rapidamente e muitos outros peixes, mesmo de espécies diferentes, costumam morrer. Acontece muito também com outros anjos como o pomacanthus paru e o holacanthus tricolor. Até hoje não identificamos a causa e nem nenhum tratamento possível.


Outro grande problema que enfrentamos com o ciliaris é mesmo a alimentação. Aqui no Brasil é praticamente impossível fornecer uma dieta de esponjas e não são todos os ciliaris que se adaptam com outra dieta. Como o ciliaris é um peixe muito resistente, ele pode sobreviver meses até morrer repentinamente sem apresentar sinais devido à má nutrição. Quando se adapta com uma outra alimentação, não mantém suas cores bonitas e se torna amarelo pálido, ficando realmente feio.


O ciliaris se adapta muito melhor quando colocado bem filhote no aquário do que adulto. Nunca vimos nenhum ciliaris adulto se adaptar ao aquário. Provavelmente por alguma capacidade de alterar sua alimentação.


Dificilmente vimos sobreviver em aquários menores que 1000 litros.


Tudo isso faz com que o ciliaris seja um peixe muito bonito e barato não ser comum nos aquários marinhos.


https://www.floridamuseum.ufl.edu/fish/discover/species-profiles/holacanthus-ciliaris/

https://reefguide.org/queenangel.html

https://www.cambridge.org/core/journals/journal-of-the-marine-biological-association-of-the-united-kingdom/article/diet-of-the-queen-angelfish-holacanthus-ciliaris-pomacanthidae-in-sao-pedro-e-sao-paulo-archipelago-brazil/6FFD0778510A43741EBFE2771C9C7287

http://www.fishbase.org/summary/3609

http://www.iucnredlist.org/details/165883/0

http://animaldiversity.org/accounts/Holacanthus_ciliaris/

http://editoramarcelonotare.com/page_31.html

http://www.luciamalla.com/blog/2008/03/no-arquipelago-de-sao-pedro-e-sao-paulo.html

http://www.oceannutrition.eu/products.aspx?Product=frozen-angel-formula

Aquários Sobrinho 

Telefones: 27 33261100 - 27 993115626 - 31 982859240

email para orçamentos: angelolucas90@yahoo.com.br

email para fábrica: sobrinhoaquarios@gmail.com

Endereço: Rua Luiz Soares do Nascimento, 109, Ilha das Flores, Vila Velha -ES

CNPJ 26.049.716/0001-77